PRESIDENTE LUIZ GONÇALVES CONTRA AS REFORMAS E A FAVOR DA DEMOCRACIA!

A delação da JBS anunciada na noite desta quarta-feira (17), que comprova o envolvimento do presidente Michel Temer na compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, preso em outubro de 2016, derruba a cortina de fumaça que escondia o grau de envolvimento deste governo com a corrupção.
Está comprovado que todas os projetos e reformas propostos pela gestão Temer estavam vinculadas a um grande esquema que atendia somente a interesses próprios. E as reformas Trabalhista e da Previdência são ferramentas para a permanência desse grande esquema.
Diante dos fatos expostos, nem Michel Temer e nem os parlamentares favoráveis às reformas têm moral para aprovar ou mesmo pautar projetos que retiram direitos e rebaixam a qualidade de vida da sociedade brasileira, como por exemplo, acabar com a aposentadoria e a CLT, para beneficiar os financiadores deste governo ilegítimo.
O atual cenário é de total instabilidade e a manutenção de Michel Temer no governo se tornou insustentável. É hora da classe trabalhadora mostrar o seu protagonismo no processo político no Brasil ocupando as ruas, a partir de hoje, até do dia 24 de maio que culminará com a grande marcha da classe trabalhadora em Brasília contra as reformas e pela saída de Michel Temer.
#EmDefesaDaAposentadoria
#EmDefesaDaCLT
#ContraTerceirização
#ForaTemer