Ocupe Brasília em 24 de maio!

As Nova Central em conjuntos com as demais Centrais Sindicais decidiram na tarde desta segunda (8) que o desfecho da Marcha à Capital Federal, chamado de movimento Ocupe Brasília, será realizado dia 24.

As manifestações, que haviam sido apontadas na reunião da última quinta (4), foram ratificadas pelas Centrais. Porém, o empenho máximo será a construção unitária de uma grande Marcha, que culminará na ocupação de Brasília na semana em que pode ocorrer a votação da PEC 287 (reforma da Previdência). Informações de bastidores no Congresso indicam que, na base do atropelo, o governo quer votar a Emenda dia 25 de maio.

ATOS – Antes da Marcha, e para sua própria preparação, estão programados atos unitários, como também mobilizações no âmbito das Centrais e Confederações. O movimento sindical promoverá ainda ações nos redutos eleitorais dos parlamentares, além de atividades em conjunto com movimentos sociais e buscará reforçar o apoio de entidades como CNBB, OAB e Anamatra, entre outras.

Na reunião de ontem, formou-se Grupo de Trabalho (GT) para cuidar de encaminhamentos práticos relacionados à infraestrutura do Ocupe Brasília, logística e à divulgação do movimento. O GT começa a trabalhar hoje (9). Entre as atividades previstas está a edição de um jornal unitário, com dois milhões de exemplares.

Segue agenda das atividades:

AGENDA #OcupeBrasília é reforçada com MARCHA NACIONAL DIA 24 DE MAIO

Reunidas em São Paulo nesta segunda as centrais sindicais  decidiram que dia 24 de maio haverá uma grande marcha da classe trabalhadora em Brasília contra os projetos de reforma trabalhista e previdênciaria e a terceirização generalizada.

AGENDA

09/05 – terça-feira 10h – na Sede da CUT/DF -reunião  das centrais sindicais para organizar a agenda de atuação no Congresso. 18h – Reunião com o Senador Ricardo Ferraço.

09/05 – terça-feira 14h – no Dieese em São Paulo, reunião do setor de organização e de imprensa  para preparar a Marcha de Brasília do dia 24 de maio.

16/05 – terça-feira Corpo a corpo nos aeroportos e reuniões com os deputados e senadores  nos Estados.

17/05 – quarta-feira #OcupeBrasília, lideranças das centrais sindicais  visitam parlamentares e líderes partidários no Congresso. Vamos montar nesse dia a TENDA DA RESISTÊNCIA. Pedimos às entidades que possam deslocar quadros dirigentes para reforçar a vigília.

24/05 – quarta-feira MARCHA NACIONAL DIA 24 DE MAIO contra o desmonte da Previdência e em defesa dos direitos da classe trabalhadora.