GREVE GERAL – NOVA CENTRAL MOSTRA SUA FORÇA

A Nova Central Sindical de Trabalhadores (NCST) nacional já demonstrou, no dia 28 de abril, força e mobilização juntamente com suas sedes regionais. Com adesão e paralisação nos estados, a GREVE GERAL pretende mostrar ao Congresso Nacional toda a força e insatisfação contra as propostas de retirada de direitos colocadas pelo governo Michel Temer, como as reformas trabalhista e da previdência.

De acordo com o presidente da Nova Central, José Calixto Ramos, o resultado da greve é mais do que positivo. “O texto da reforma trabalhista da forma como saiu da Câmara foi ainda pior do que o projeto inicial apresentado pelo Governo. As manifestações de hoje estão sendo um sucesso e mostram a força do trabalhador brasileiro”, afirmou.

O nosso presidente, Luiz Gonçalves, afirmou que esse é só o começo. “A maior paralisação da história do Brasil será apenas o início de uma longa jornada de luta pelos direitos dos trabalhadores e trabalhadoras do Brasil, e caso o Governo não volte atrás com as medidas de mudanças na previdência e legislação trabalhista a nossa próxima reação será ainda mais forte.