Nova Central – SP participa da comemoração aos 16 dias de ativismo “Outorga Medalha Ruth Cardoso”

katia-2(4)A Diretora de Assuntos da Mulher e Gênero da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado de São Paulo – NCST/SP Katia Rodrigues, participou, na quinta-feira (22/11), da “Outorga da Medalha Ruth Cardoso” e ressaltou o relevante trabalho desenvolvido pelo CECF (Conselho Estadual da Condição Feminina do Estado de São Paulo) no incentivo à organização feminina para a criação e modernização de políticas públicas de proteção às mulheres.

O evento é parte integrante dos “16 Dias de Ativismo” e ocorreu no Auditório Teotônio Vilela na Assembleia Legislativa de São Paulo/SP. A Medalha Ruth Cardoso foi institucionalizada pelo Decreto de nº 53.721, de 24 de novembro de 2008, alterado pelo Decreto nº 57.828 de 1° de março, de 2012, ambos do Governador do Estado, entregue desde então todos os anos nas comemorações do Dia Internacional da Mulher.

“Sinto-me honrada em participar deste evento, pois esta medalha não é só uma forma de reconhecimento às conselheiras por seu trabalho de luta em prol as mulheres, mas tem como objetivo, também, agraciar outras mulheres de outros segmentos com suas indicações; mulheres que fazem a diferença, que ajudam na organização de importantes setores femininos em políticas públicas, bem como na construção de uma sociedade mais justa e igualitária”, relata a líder sindical.

A mesa de abertura foi formada pela presidente do Conselho, Maria dos Anjos Mesquita Hellmeister; da vice-presidente e Prefeita Regional no bairro de Santana, Rosmary Corrêa. Na oportunidade, as lideranças da CECF saudaram a presidente da Comissão da Mulher, Advogada Kátia Boulos; representantes da ONG DCM – Defesa e Cidadania da Mulher de Praia Grande/ SP; as conselheiras e os demais convidados, em especial as agraciadas da medalha do ano de 2018: Erika Zoeller Véras; Fabíola de Campos Braga Mattozinho; Milena Massuco Suegama e Tânia Gonçalves, reverenciadas por seu protagonismo na luta e ao combate a violência contra as mulheres.

Conselho Estadual da Condição Feminina – CECF

O Conselho Estadual da Condição Feminina – SP foi criado em 1983 e representou um marco histórico para as mulheres, com grandes lutas e conquistas, assim como auxílio na implantação da 1ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em São Paulo, na qual se multiplicou país a fora.

Organizou a 1ª Conferência Estadual de Políticas para as Mulheres, dando sequência à 1ª Conferência Nacional. O conselho possui inúmeras publicações, e hoje, com seus 35 anos de existência, mantem 32 experientes conselheiras com objetivo de promover efetivas ações em prol às mulheres.