NCST/SP: Líder Sindical avalia Encontro de Mulheres do Estado de São Paulo

Katia NCSPNa última quarta-feira (21/03), Kátia Rodrigues, diretora de Assuntos da Mulher e Gênero da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil – CSPB, da Nova Central Sindical de Trabalhadores do Estado de São Paulo – NCST-SP e da Federação dos Sindicatos dos Servidores Públicos no Estado de São Paulo – Fessp-Esp, em conjunto com a Confederação Nacional dos Trabalhadores na Indústria – CNTI, coordenou, com apoio das quatro entidades sindicais, o Encontro de Mulheres Trabalhadoras do Estado de São Paulo.

 

Na abertura do evento, integraram a mesa o presidente da NCST-SP, Luiz Gonçalves; o presidente da NCST e CNTI, José Calixto Ramos; o presidente da Fessp-Esp e secretário-geral da CSPB, Lineu Neves Mazano (representando o presidente da entidade, João Domingos Gomes dos Santos); a Secretária Nacional de Mulheres da NCST e CNTI, Sônia Maria Zerino Silva, bem como demais presidentes e lideranças de centrais sindicais e federações.

 

As palestrantes Dra. Fabíola Campos com “Assédio Moral e as Doenças Provenientes do Trabalho”, a Vereadora de Guarulhos-SP Sra. Janete Pietá com “A Importância do Voto Feminino” e a Dra. Luci Costamagna Parmejani com “A Oficina Auto Estima” envolveram as companheiras e companheiros sindicalistas com temas  relevantes.

 

O evento recebeu mulheres de diversas categorias, entre elas: têxteis, transportes, óticas, papeleiras, servidoras públicas; assim como convidadas de várias entidades sindicais que permaneceram atuantes até o tema central “Conscientização do Voto Feminino”, que fechou o ciclo de palestras e despertou a importância das mulheres na sociedade, na vida pública, além de reforçar a necessidade de preservar bandeiras de combate ao preconceito, ao racismo, bem como a importância da implementação de políticas públicas que favoreçam equidade salarial entre homens e mulheres. Ao dissertar sobre o tema machismo, a palestra apresentou, também, mecanismos para o enfrentamento ao assédio moral e sexual em ambientes de trabalho.

Tempero emocional

Um momento que emocionou as participantes no encontro foi a apresentação de Carolyne C. R. Silva, (14 anos) filha da dirigente Kátia Rodrigues que, além de  ser a mulher mais jovem no evento, é, segundo palavras da líder sindical “a sua grande força motivadora pela igualdade de direitos entre homens e mulheres”. Outro momento de destaque, na esteira de uma grande comoção nacional, foi a chamada:  “MARIELLE … PRESENTE!”. Aclamada por todas as participantes desde a abertura até o encerramento do evento, ficou registrada como um grande ato de solidariedade à vereadora fluminense brutalmente executada por defender bandeiras femininas, de respeito aos direitos humanos, de inclusão social e de combate à violência nas periferias de seu estado.

 

“Posso afirmar com toda convicção que este encontro foi um grande marco para a Diretoria de Assuntos da Mulher e Gênero da CSPB, NCST-SP e Fessp-Esp, pois, pela primeira vez, conseguimos reunir na capital paulista um evento de mulheres não somente três, mas quatro entidades bastante representativas, comprometidas com as lutas femininas e implacáveis no combate às injustiças que as mulheres são submetidas. Venho agradecer, também, a cerimonialista Regina Moreia que, com sua disponibilidade de conduzir gratuitamente esse relevante encontro, abrilhantou nosso evento com seu comprometimento e profissionalismo, ambos, dignos de registro”, avaliou Kátia Rodrigues.