Todos Juntos contra: A Dengue, Zica e Chikungunya!

A presidenta Dilma Rousseff afirmou sexta-feira (29/1) que se não nos mobilizarmos, vamos perder a luta’ para o Aedes Aegypti. Segundo ela o país vai mostrar que é capaz de ganhar a ‘guerra’. Acrescentou que, enquanto o mosquito se reproduzir, o país poderá perder a batalha.

De fato o Brasil vive uma situação de emergência, com a incidência de várias doenças transmitidas pelo inseto como: A Dengue, Zika E Chikungunya. A diretoria Nacional da Nova Central somará forças e entrará na luta para aniquilar o mosquito, que pode picar até 400 pessoas.

Os representantes da Nova Central na Comissão Nacional de Saúde (CNS), Luiz Aníbal, Claúdia Carnevalle e o membro da Nova Central no Fórum Nacional de Saúde e Segurança no Trabalho das Centrais Sindicais, Luis Antônio Festino, se reuniram quarta-feira (3/2), em Brasília, e definiram a estratégia da instituição na luta implacável contra o inseto.

“Se cada um fizer sua parte venceremos esta guerra. Sem água parada não há mosquito, sem mosquito não há doença. Orientaremos para que cada entidade filiada desenvolva Campanha de Conscientização em sua categoria sobre a necessidade da prevenção a estas doenças, para que todos se engajem para valer nesta necessária e importante ação”, afirmou Aníbal.

Ele alerta que a prevenção é a única arma eficaz contra a doença. E que o mosquito bota ovos em água limpa e parada. Por isso, a melhor forma de se evitar a dengue é não deixar acumular água em lugar nenhum. “Peço, notifique os agentes de saúde se encontrar focos de lavras ou mosquito e procure ajuda em caso de suspeita da doença”, recomenda.Anibal CNS